quinta-feira, 6 de maio de 2010

Do poder da inveja

.
Sempre teimei com a minha mãe.
Ela diz que se tem algo bom acontecendo eu não poderia contar pra ninguém, porque pessoas invejosas estão onde nem se pode imaginar.
Essa semana contei pra alguém duas coisas boas, uma sobre o estágio, e a outra sobre aqui em casa, que o clima estava bom, e como isso não é normal eu estava surpresa e feliz.
Duas coisinhas que ela falou que me fizeram ter certeza que tudo desmoronar tem muito a ver com o poder da inveja dessa pessoa, sobre o estágio, ela falou que eu nasci com a bunda virada pra lua, retruquei, nasci coisa nenhuma. Eu sempre me esforcei, nada nunca veio fácil. Sobre o clima bom, ela apenas num tom cínico repetiu as minha palavras.
36 horas depois e eu tô procurando lugar pra morar.
Como pode alguém ser assim?
Agora é cruzar os dedos pra essa positividade toda não chegar até o estágio...

4 comentários:

Ana disse...

ai que medo. Eu também acredito nessas coisas. por isso não conto para quem não confio coisas importantes sobre mim. se é verdade, eu não sei, mas mal não vai fazer.
Boa sorte aí, e pense positivo quanto ao estágio, ok? beijos

Daiane disse...

nossa maaris vaai veer isso funciona mesmoo poor isso que eu soou solteiroonaa meelhor eu paarar dee saair contando tudo por aai oO

e booa sortee pra vc no estaagio de veerdade *-*

Denise disse...

Saia do padrão vibratorio da inveja e intua alegria ..........imaginando-se bem...e TRABALHANDO.
Feliz e realizada.

agente tem o poder de transmutar energias.
Aposto que essa já não existe mais.

luz
paz e MUITAS realizações

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

Maris, que coisa horrorosa!

Na verdade eu não acredito nessas coisas.
Não creio que pensamentos negativos possam influenciar em nossa vida.
Acredito que quando damos esse 'poder' a outra pessoa, estamos nos distanciamos na Força do Universo, que está sempre a nosso favor.Daí o desequilibrio.

Sou um espelho, se bate algo ruim de alguém, volta. E eu nem fico sabendo.

Vou orar por ti, mesmo que tenhas perdido a fé em Deus :)
Tudo se resolve.

Beijo grande, moça