terça-feira, 20 de outubro de 2009

3 Histórias de um mesmo fracasso - Reescrevendo os livros

Faço faculdade de publicidade desde 2003, e sempre me impliquei com a falta de teoria nesse mundo, os livros são manuais de instrução mas não são teoria de nada.

Por isso hoje me sinto qualificada pra escrever meu próprio manual de instrução pseudo teoria da comunicação.

No texto abaixo já deu pra notar né... algo deu errado.

e eu, aqui convivendo com a mistura de revolta com tristeza, meu cunhado veio me consolar e ele, que nunca estudou porra nenhuma de comunicação resumiu tudo que eu deveria ter aprendido nesses duzentos anos de publicidade:


- Maris, eu sei que você aprende na faculdade que a campanha tem que ter essa história de conceito, eu sei que você entende que uma campanha baseada em resultado de pesquisa vai trazer resultados pro cliente, eu sei que você quer oferecer algo de qualidade não só visual mas também inteligente e criativo.

Mas entenda por favor, o seu cliente SEMPRE vai preferir a foto dos filhos dele, na frente da fachada da empresa, com a logo dele no tamanho de um A2, dizendo que tem tradição qualidade e confiança.


A verdade é essa.

Agora é só iniciar o processo de lavagem cerebral pra apagar tudo que li nos manuais de instrução e enfiar a sabedoria do meu cunhado madeireiro publicitário.

11 comentários:

Bruninha disse...

não acredito!!
eu entendi bem?

Maris Morgenstern disse...

poisé...
perdemos

***MissUniversoPróprio*** disse...

Oie!! Passando pra dar uma olhadinha por aqui e e deixair beijos, dois, um pra cada.

;)

airlon disse...

sei que o momento é de raiva, mas não me contive:

'o seu cliente SEMPRE vai preferir a foto dos filhos dele, na frente da fachada da empresa, com a logo dele no tamanho de um A2, dizendo que tem tradição qualidade e confiança.'

hua hua hua hua... mas bom saber que temos mais algo em comum, a Publicidade! Mas no meu caso, trabalho com a parte de criação e direção de arte; bjo, saudações musicais.

APS

A Língua Nervosa disse...

ah mas peraí...tem gente que gosta de um estudo de mercado e de idéias originais...nem todo mundo é tão visão egocêntrica assim!! :)
portanto...terás trabalho! :)
bjs

Ludmilla disse...

AHUshuaHS, Não é por nada não mais eu meio que concordo ai com seu cunhado viu!! :D
Mais vale a pena estudar as teorias e blábláblá.

Michele Matos disse...

Aaaaaa não! Fotos de filhinhos desdentados me enojam na maioria dos casos.
Força! A teoria tem razão, ela deve vencer!
=***

Paulo Tamburro disse...

OI MARIS, andei sentindo sua falta no meus blogs.

Não repita mais isto, certo?

AiAiAi(rsrsrsrs).

MARIS, quanto a esta questão da publicidade, vou deixar o assunto em família,você e seu cunhado etc e tal...

Mas, hoje quando prestei bem atenção no seu PERFIL e lí:PALHAÇA, ví como o CIRQUE SOLEIL,pode desperdiçar gente do seu talento, logo eles que andam pelo mundo afora recrutando grandes artistas.

MARIS, eu lhe garanto que um dia , nem que seja lá no cafundó dos Judas(conhece este termo?)eu vou ter um circo, bem mambembe e com a lona furada, porém em compensação terei a palhaça mais bonita e generosa, que estes bobalhões do mundo fashion e artistico, não tiveram a capacidade profissional de descobrir.

Deixa comigo, Maris vamos ganhar muito dinheiro, e com aquela lona furada muita água na cabeça, também.

Mas, tudo pela arte!

Maris Morgenstern disse...

obaaaaaa!!!
Ganhei empregooooo

CAROL PERIOTTO disse...

hoje mesmo eu vi uma propaganda nesse estilo: um nenezinho (feio, por sinal) brincando enquanto o narrador dizia que a empresa era sólida e próspera, bla bla bla

afff... se eu encontrar esse nene daqui uns anos, oferecerei meus conhecimentos jurídicos pra entrar com uma ação de indenização por dano moral! o moleque nem nasceu direito e ja foi exposto ao ridículo! hahaha

Lucas Lima disse...

rsrsrs, complicado esse meio né?rs
bons dias