segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Amor imperfeito

.
Só nas útimas duas ou três semanas eu conheci uns quatro "amor da minha vida".
Tenho medo do dia que eu vou começar a levar a sério esse tal amor.

8 comentários:

PAULA OLIVEIRA disse...

Hehehe, esses nossos amores inventados e imediatos podem nos ser custosos as vezes rs...
Você vai ver...qualquer dia desses o seu amor pra vida toda de um dia só, vai realmente se tornar o príncipe rs... aí querida, não vai ter mais volta! rs...

Ju Fuzetto disse...

Um dia esse amor será único...

beijo linda semana pra vc

Ludmilla disse...

Nossa, sou uma anta, to aqui dando f5 mil vezes para comentar, e a janelinha aberta já........ que tonta. Ai Maris, essa coisa de amor, não é que a gente não leve a serio não, é que a gente só não encontra a pessoa mesmo, Eu namorei muiiiiiitos antes de me casar, e casei assim no mesmo mes que conheci ele* quando a gente acha esse amor mesmo, é vai ou vai! enquanto isso não acontece ficamos só no racha, kkkk nem sei o que eu to falando, tive a pior briga da minha vida ontem, mais amo muito meu marido! beijo e não abandone isso aqui mesmo não lindaaaaa!

wcastanheira disse...

Não leve o amor tão a sério, apenas, ame. Uma belezura amar sem compromisso em saber até onde é sério, pra vc minha linda bjos, bjos e bjossssssssss

Carolina Filipaki disse...

O negócio é amar, afinal, só sabemos que não era amor depois que passou! rs
Aproveito pra dizer que gostei muito do post anterior. Se dar uma punhalada na dor resolver, por favor, avise!
Beijos

Renata Fagundes disse...

foi só uma prévia do que virá..rs

beijos cintilantes


tenho estado ausente dessas vibes
o trabalho esta me consumindo..rs

Sylvio de Alencar. disse...

Já passei desta fase. Graças a Deus.

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Maris, kkkkk! Essa sua ironia é genial. Você só pode ser um amor mesmo.
Beijos sem medo.
Manoel.