segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Confissão em duas linhas

.


Me ofereceram a realização de um sonho.
Mas não era meu sonho, então eu disse não.

4 comentários:

Paulo Tamburro disse...

OI MARIS,

NÃO PODIA DEIXAR DE CONVIDAR VC PARA A MINHA NOVA POSTAGEM.

É UMA PALHAÇADA (RS).

A CRÔNICA DE HUMOR DESTA SEMANA, NO NOSSO BLOG HUMOR EM TEXTO É:

"TIRIRICA:R$26.000,OO.APOSENTADOS: R$ TITICA,OO".

VENHA DAR SUA OPINIÃO, SOMOS REALMENTE UM PAÍS DE PALHAÇOS?

BOAS FESTAS, NESTE CIRCO BRASIL!

UM ABRAÇÃO CARIOCA.

Carolina Filipaki disse...

E é preciso ter muita coragem para dizer não quando o sonho não nos pertence!

Damasius, Feliz Natal! Que a alegria das crianças que tiveram seus desejos atendidos pelo Papai Noel te contagie! heheheheh

Brincadeirinha, feliz Natal e um ano novo repleto de alegrias e inspirações!
Quer me vender uma agenda da tribo? hehehe

Beijos

***MissUniversoPróprio*** disse...

Sonhar o sonho alheio é, muitas vezes, perder-se dos seus próprios.

Feliz Natal, obrigada pela visita e pelo carinho, e que 2011 venha trazendo muitas realizações de sonhos. Seus.

;*****

Simone P. Cardoso disse...

Oi moça, achei linda essa confissão. POsso postar no blog (com devidos créditos claro).


Beijocas enormes