quinta-feira, 1 de julho de 2010

limítrofe

.
Vai chegar um ponto que será seu limite.
Um dia, você alcançará aquele momento em que
emocionalmente você não tem mais condições,
e físicamente, seu corpo beira a estafa.

E, entre um colapso nervoso,
e uma visita ao hospital, a vida continua pressionando
os prazos apertam ainda mais,
os oportunistas não perderão este momento singular
seus problemas familiares explodirão de vez.

Quando esse momento chegar,
é hora de entender,
que por mais que seja contra seus princípios
por mais que você acredite que não é assim
que os problemas se resolvem.

Não adianta mais se debater,
é hora de se dopar.

Assim, com remédio pra dormir,
remédio pra acordar,
remédio pra se concentrar
remédio pra não chorar
Remédio pra não morrer
remédio pra não matar
remédio pra comer
e remédio pra emagrecer

Você encontrará condições novamente
de alcançar os resultados que sonhou
uma vida inteira, mas que a pressão
final, quase arrancou de você.

6 comentários:

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Maris, minha amiga alegre e fôfa.
Vou discordar um pouco de você.
Deus nunca permite que tenhamos uma carga maior do que possamos carregá-la. Essa é a alternativa.
Uma beijoca carregada de muito carinho.
Manoel.

Sylvio de Alencar. disse...

Funcionamos sob pressão, ela pode ser perceptível, ou não.
Podemos 'alcançar' os resultados, embora normalmente nos sejam arrancados por não haver mais tempo para o cumprimento de nossas etapas.

Bjs.

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

A Força deve vir de dentro, não de fora.
Claro, de fora, só os amigos, para ajudar a ver a Vida de outra forma, outra perspectiva.

E ver que o que importa, o que vale a pena custa tão pouco.
A gente é que complica.

Beijo grande, moça.

Dani Almeida disse...

Acho que o importante é entender, aceitar e ir levando... no fim dá no mesmo: se desesperar e passar por aquilo, ou ir tranquilo e tambem passar por aquilo. Na verdade, em certos casos, é até uma questao de escolha.

Amei.

Beijos

Denise disse...

Tenho aprendido.....e olha que virei uma aprendiz observadora e praticante.
Que Por nossa vida a dor é mestra e as dificuldades servem para nos mostrar que somos grandes e fortes.

Força e luz a vc

afagos

Eu não tenho conserto disse...

A-DO-RE-I
o texto.

é basicamente uma poesia!!!

creio eu que seja por causa do seu TCC (que hoje já está acabado..rs...)

mas concordo com tudo isso.. eu estive no meu limite quando voltei a morar com minha mãe depois de dez anos fora, com emprego novo com chefe louco, com transito absurdo de sp, com meu namorado longe... afff

eu quase explodi!!!