terça-feira, 21 de setembro de 2010

Por que eu não poderia ter escolhido a medicina

.
Eu dou trabalho, eu sei.
Não tomo nada q meu médico não tenha prescrito. Coisas de quem já tem remédios demais pra tomar e morre de medo de quem um interfira noutro.
Ainda assim ontem fui parar no hospital por intoxicação medicamentosa. Pácaba né.
Ai fiquei hoje pela manhã reparando nos comentários do médico, da moça que veio buscar o café e mais tarde da enfermeira sobre minha aparência estar muito boa, olhei no espelho e me achei um caco.
Fiquei o resto da manhã imaginando o quanto de pessoas verdes, arrebentadas, etc eles veem por dia.
E concluí que nunca poderia mesmo ter escolhido esta área, mesmo que as vezes me cobre que seria sim possível, era só eu ter tido um pouco mais de oportunidades.
Mas eu sinceramente ficaria profundamente deprimida em apenas duas semanas se tivesse que só ver gente doente.
Sem chance mesmo.
A publicidade provavelmente não vai me deixar rica, mas pelo menos serei sempre rodeada de gente bonita, saudável e coradinha.

6 comentários:

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Maris, minha querida amiga. Que bom que você está melhor. Não a conheço, contudo gosto muito de você e do seu jeito de ser.
Quanto ao ver doentes o dia todo, pensamos da mesma forma.
Somos partidários da alegria.
Uma beijoca carinhosa.
Manoel.

Sylvio de Alencar. disse...

Então, vc é sensível a medicamentos... eu, nem tanto. Me medico numa boa, mas, sempre de olho nas interações!
Não me daria bem na Medicina; escolhi massoterapia pois gosto de coisas que deixam a gente saudável e, além do mais, causam prazer; este é o caso da Massoterapia.
Se a pele da pessoa estiver muito detonada, ou, se ela tiver doenças infecciosas, não posso tocá-la. fora isso, dá pra deixar a pessoa relaxadinha, ou espertinha, e se sentindo bem!
Ô Maris, vc tem uma vida meio movimentada hein?
legal vc ter aparecido lá no pedaço.
Vou colocar seu perfil em evidência, resolvi inaugurar posts de perfis que acho legais, como o seu.
Bjs!

wcastanheira disse...

Uma bela postagem, fala de vida, de natureza humana, uma ótima idéia, com um assunto muito interessante, pra vc minha linda bjos, bjos e bjosssssssssssssssss

Atitude: substantivo feminino. disse...

Eu nunca poderia e fato ter escolhido...sou curandeira demais para ser médica..adoro uma auto medicação e um chazinho curador...(veja bem..não é supertição, não é feitiçaria..é tecnologia, Nem)
Então..comprei nos mercados de Orlando sabe (ui, ui)..vários comprimidinhos diferentes...um arraso!! Dor nas costas, vitaminas, insônia..um luxo..em breve te farei cia no hospital na ala da intoxicação..
bjs

Belle disse...

concordo com vc!!!
Acredito que temos que escolher algo p/ vida que nos realize e nos deixe felizes... há quem tenha o dom da medicina, eu por ex. não mesmo... sou advogada e professora... bem longe né!!!
hehehe
bjoooooooooo

Simone P. Cardoso disse...

Se dependesse de mainha seria médica, mas como tenho pavor de bofes para fora, pernas quebradas e artérias arrebentadas ela ficou com a vontade e eu com importação srsrs

Beijo