sábado, 7 de novembro de 2009

a onda vem e...

Passei a semana no limite da exaustão, fui num treinamento do governo, que também era processo seletivo.
Ao menos era na praia.

Aproveitei que estava ali, na praia pra passear por ela.
Enquanto caminhava fiquei observando algo que parecia com algum tipo de molusco
ostras, conchinhas rechadas ou coisa assim.
Era assim, a onda trazia e eles se escondiam na areia
a onda descobria e eles se escondiam de novo
a onda descobria e eles se escondiam de novo
a onda descobria e eles se escondiam de novo
a onda descobria e eles se escondiam de novo
a onda descobria e eles se escondiam de novo
a onda descobria e eles se escondiam de novo
a onda descobria e eles se escondiam de novo
a onda descobria e eles se escondiam de novo
e assim até muito depois de eu cansar de escrever isso aqui.
Fiquei eu lá pensando,
que vida miserável né, eles vão passar a existencia deles inteira assim
a onda traz, ele se esconde
a onda mostra ele esconde
a onda revira ele cavoca e esconde
mostra, esconde
mostra, esconde
mostra, esconde
e assim até o dia de morrer.
Isso não é vida.
Pela primeira vez agradeci por ser humana, pensei nas possibilidades que temos,
lugares, gostos, cheiros, sensações, sentimentos, arrepios, dores, frios, calores, medos, alegrias, pessoas, cansaços, exaustões, felicidade, tristesa...
todas as possibilidades nos são permitidas,
Mas após muito divagar sobre o assunto concluí que não passamos de moluscos na praia
a vida vem e mostra nossas fraquezas e nós as escondemos
a vida revela a gente esconde
a vida desvenda a gente esconde
e fraqueza após fraqueza somos como os moluscos
a vida mostra a gente esconde
a vida mostra a gente esconde
a vida mostra a gente esconde
mostra, esconde
mostra, esconde...

6 comentários:

Andrea Mari disse...

Perfeito isso,tem coisas que a gente nao quer enxergar,a vida mostra a gente esconde,menos hipocritas sao os moluscos que nao tem opcao,enquanto temos trataremos de abrir os olhos,doi e vale a pena!!!!bjossss

Francisco disse...

Oi, Maris!
A vantagem que temos sobre os moluscos, é que de tanto escondermos o que a vida nos mostra, um dia aprendemos e enfrentamos a onda. Por bem, ou por mal! E vale a pena!
Aquele beijãozão!

Carol disse...

Damasius!
Vc virou escritora de mão cheia hein! Afinal, só os escritores têm a sensibilidade para transformar observações cotidianas em filosofias de vida!
Adorei!!!

Daiane Pereira disse...

Que Lindo isso que bela observação que encantador *-*

Adoro comparaçoes ...

Pois sim somos como os moluscos da praia sempre nos escondendo ... de tudo de nós mesmos ... ausente de nossas vidas escolhemos sempre mostrar o que convem mas a onde vem e mostra o que tanto escondemos... mas nós humanos temos a opção de não jogar a areia novamente e sair de vez do nosso esconderijo ^^

Beijo e parabenss ;D

Michele Matos disse...

Mesmo assim agradeço por ser humana, mesmo sendo igualzinha um molusco.
Muito bom!
bjuuu

Neto disse...

somos apenas uns moluscos crescidinhos que acham que pensam e que povoamos o mundo tal qual uma praga
destruimos tudo e ainda queremos que a onda não nos leve embora

agente se acha o maioral nénão?

mas não passamos de moluscos