sábado, 2 de maio de 2009

Céu, sol, sul, terra e cor

Não há lugar melhor para se estar do que a nossa terra. Não sei se todo mundo pensa assim, mas posso garantir que todo gaúcho pensa assim. Também só pudera, com uma terra tão majestosa quanto o Rio Grande o mínimo que se espera é admiração.
Sei que sou suspeita de tantos elogios, mas ninguém pode negar que essa minha terra é maravilhosa. Talvez porque lá o sol seja mais radiante, o céu mais estrelado, os campos mais verdes, as flores mais alegres, as pessoas mais gentis, a vida mais colorida.
O tempo e as circunstâncias me afastaram da terra amada, por isso, assim como Gonçalves Dias, eu suplico:
"Não permita Deus que eu morra,
Sem que eu volte para lá;
Sem que desfrute os primores
Que não encontro por cá"
Não me entendam mal todos aqueles que me acolheram no novo lar. Pelo contrário, entendam bem que o meu carinho por vocês é grande mas meu amor é pela terra mãe, o meu Rio Grande do Sul.

4 comentários:

Maris Morgenstern disse...

Ao comentar sobre a volta do imperador do futebol Adriano para a favela vila cruzeiro Roberto Pompeu de Toledo disse na veja "a favela em que alguem cresceu não tem menor valor, em sua memória afetiva, do que o palacio em que cresceu o pricipe. Em desespero, corre-se para lá"
O seu rio grade do sul, o colo de mãe, a bronca da irmã mais velha, os amigos de infancia. Nao importa o tempo e a vida que passa, porto seguro, sempre sera porto e seguro

Maris Morgenstern disse...

eu tinha razão qdo insistia em vc escrever.
eu sou mesmo muito razoavel.

Carol disse...

Meninas, o blog de vcs me emociona!
É tão bom se identificar com os textos e pensar que poderíamos tê-los escrito!
Parabéns pelo blog! E acompanhem o mulheresdeathenas... sem nenhuma pretensão, continuamos contando nossas histórias e estórias!
E quando bater aquela preguiça, escrevam, mesmo que seja sobre ela!Não deixem o blog morrer!
heheh
bjs

Maris Morgenstern disse...

é como se fernando pessoa tivesse vido cometar o nosso blog.