segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Confissões em duas linhas

Se eu soubesse...
Tudo poderia ser diferente

27 comentários:

Cafeína Desvairada disse...

E como...

Maris Morgenstern disse...

mas se soubesse.
TUDO poderia ser diferente...

Francisco disse...

Pelo sim...pelo não...às vezes é melhor não saber! Ou quem sabe...! Talvez...!
Ah,sei lá...! A Bruninha sempre me confundindo! rsrsrsrs
Beijãozão, lindona!

RamoN Paduch disse...

Poh q Sem graça Sabe de Tudo

O mais divertido e Marcante na vida é feito do imprevisto

e o Processo de descobrir as coisas é o melhor, ou o pior dependendo da situação

mas faz parte da vida

pq Vivemos o hoje,
Estamos aki e a VIDA é um SONHO

airlon disse...

se vc soubesse...

não teria a mesma graça, pense nisso! Bjo, saudações musicais!

APS

Daiane Pereira disse...

Se soubesse , tudo poderia ter sido diferente... quem sabe ? voce sabe se seria? A vida é um jogo e voce nunca sabe que cartas estão escondidas na manga...tanto adversarios como companheiros do jogo tem que jogar , se soubesse tudo não teria graça, tem coisas que não precisamos saber, como existem coisas que só sentindo pra entender... Eu as vezes penso se soubesse áa se eu soubesse e ao mesmo tempo que diferença ia fazer o destino poderia ser outro...e talvez eu não fosse gostar tanto quanto gosto desse de não saber ... porque assim posso ter quantas verdades eu quiser , porem acreditando só em uma...

seraa quee nãoo fico meio confusoo ?? quem sabee?

Beijo

Bruninha disse...

Uma vírgula diferencia uma frase da outra. Saber faria diferença, mas fez uma diferença mais significativa agora do que teria feito antes.

confuso?

Daiane Pereira disse...

Se fez uma diferença mais importante agora , então valeu a pena não saber antes ...O que faz toda diferença...

Bruninha disse...

ainda não sabemos o que foi melhor. só o futuro dirá, juntamente com as minhas decisões(que ainda não sei quais são - rs).

Daiane Pereira disse...

é agora que sabe , pode refletir , lembre-se o presente ja é passado mesmo dizendo que ainda não sabe quais atitudes serão , sabe o que cada uma traz consigo... sabee?

Bruninha disse...

sei, é eu sei...

Daiane Pereira disse...

o que voce sabee.... hahaha brincadeira , agora o jogo esta em suas mãos pode começar a jogar , que tal começar por um valete? voce é quem sabee

Bruninha disse...

mas você sabe que tem uma dama na mesa, dificulta minha jogada..

Daiane Pereira disse...

é, pior tu nem sabe o naipe da dama, mas não importa o valor, se valesse tanto não estava sendo descartada , voce sabe ainda tem muitas cartas para serem postas na mesa...

Bruninha disse...

confesso que tenho medo de apostar alto e perder tudo, eu não sou a única a mesa com cartas na mão.

Daiane Pereira disse...

quem não tem nada , não perde nada, quem tem, não perde , ganha ...mesmo não sendo o premio que queria , pode ser o que necessita...Você é unica que tem o curinga e sabe como lidar com as cartas que ja foram lançadas... sabee?

Bruninha disse...

será que sei?...
as vezes penso que o jogo já acabou e fiquei só eu ali com meus coringas na mão.

Daiane Pereira disse...

isso ja virou um vicio como todo bom jogo , não é agora que vai acabar esta apenas começando , vamos la agora esta na sua vez de lançar as cartas na mesa ,só ? será ? quem sabe ? afinal todo bom jogador confunde fazendo de conta que desistiu de vencer ... pra voltar e dar a cartada final

Bruninha disse...

Apostar no valete ou descartar o coringa?
Blefar é a arte do jogo, então não espere que eu responda já.

Daiane Pereira disse...

Aposta no qual tem mais chances pra vencer onde as probabilidades de aparecer a dama e finalizar o jogo sejam minimas ... tente conhecer mais o adversario , dando indicios de que quer continuar pra ganhar!

Bruninha disse...

acho que a melhor coisa que posso fazer é continuar no jogo escolhendo o momento certo pra cada jogada, sem arrependimentos.

Daiane Pereira disse...

é, o maximo que pode acontecer é sair do jogo sem ter jogado tanto quanto queria ou ter jogado tudo...como acontece em todos os jogos...O fascinio está em experimentar cada jogada , cada carta, os olhares da disputa... os valores ...quem sabe? Pode ser que o valete tenha o naipe de ouro...

Bruninha disse...

Então, vamos ao jogo...

Maris Morgenstern disse...

ahhh,
adorei a conversa joguística...
eu acho o seguinte...
1 - dama na mesa geralmente nao vale nada, parzinho de dois bate dama sozinha,
2 - manda o coringa se fude e aposta suas fichas todas no valete, ou no rei, me perdi na analogia uma hora ali...
3 - acredite em mim, o que se tem a perder é geralmente menos q se pensa, então perder nem é tao dramático assim

Daiane Pereira disse...

Isso concordo com a Damaris , perder nem é tão dramático assim ...

Bruninha disse...

ah suas mocréias, as fichas não são de vocês mesmo.. mas pensarei com carinho na aposta.(estou doida pra lançar tudo que tenho na mão)

Maris Morgenstern disse...

viu...
a gente sempre acha q tem o mundo a perder nao é mesmo...
mas se voce parar pra pensar o mundo nem é tao grande assim, e geralmente o que se tem a ganhar equipara o q se tem a perder... sabe assim...
geralmente o jogo vale a pena pela adrenalina da aposta mesmo,

sabe aquela história que a viagem vale mais q o destino final...


entao
se joga de cabeça (oh quem fala)